Encontros de Formação para colaboradores da Confhic

Encontros de Formação para colaboradores da Confhic

A Equipa da Pastoral de Conjunto, da Província de Santa Maria, realizou dois encontros formativos...

Dons de Deus...

Dons de Deus...

  No dia 16 de dezembro de 2018, em pleno tempo de Advento, no domingo...

Beata Maria Clara do Menino Jesus!

Beata Maria Clara do Menino Jesus!

A nossa fundadora, continua a ser uma presença referencial de santidade em duas paróquias de Fafe:...

Peregrinando pelos lugares da nossa história!

Peregrinando pelos lugares da nossa história!

Terminado o ano de formação intensiva, no dia 9 de julho de 2018, as 14 junioras deixaram o...

Proposta educativa

Proposta educativa


I - A escola - Lugar de Educação
Princípios Gerais:
A Congregação das Irmãs Franciscanas Hospitaleiras da Imaculada Conceição defende:
1. O Direito à educação e à liberdade de aprender e ensinar que se concretiza, quando:

1.1. A Escola é um espaço privilegiado, onde se processa o desenvolvimento pleno e harmonioso da pessoa humana.
1.2. Toda a pessoa tem direito à Educação.
1.3. No acesso à Educação e na sua prática, é garantido a todos os portugueses o respeito pelo princípio da liberdade de aprender e de ensinar.
1.4. Todos têm direito ao ensino, com garantia à igualdade de oportunidades de acesso e êxito escolar.
2. A Escola Católica
2.1. A Escola Católica, como lugar de educação integral da pessoa humana, através de um PROJECTO EDUCATIVO claro que tem o seu fundamento na Pessoa e Modelo de Cristo, caracteriza-se:
— pela sua identidade eclesial e cultural;
— pela sua missão de caridade educativa;
— pelo seu serviço e solidariedade social;
— pelo estilo educativo que deve caracterizar a sua comunidade educante.
2.2. É próprio da Escola Católica:
- cultivar a busca sincera e contínua da Verdade; a crítica equilibrada, serena e responsável; a solidariedade e disponibilidade para servir; a promoção da justiça;
- criar um ambiente comunitário escolar animado pelo espírito evangélico da Liberdade e do Amor;
- ajudar o educando a crescer na Fé;
- organizar a cultura humana, segundo a mensagem da salvação, para que o conhecimento que os alunos vão adquirindo de Deus, da Vida e do Homem, fique ilumina do pela Fé.
3. Escola Franciscana Hospitaleira
3.1. A Escola Franciscana Hospitaleira é um espaço de educação católica, promovido e orientado pela Congregação das Irmãs Franciscanas Hospitaleiras da Imaculada Conceição.
3.2. Adopta como pedagogia o Amor, o Acolhimento e a Alegria.
3.3. Esforça-se por fazer transparecer os valores evangélicos, incutidos através da cultura, do ensino religioso e do testemunho de simplicidade, de abertura, de alegria e de hospitalidade, em clima fraterno e no espírito das bem-aventuranças, vivido pelos seus fundadores.
3.4. Promove a plena coerência do saber, dos valores e das atitudes com a Fé.
3.5. Valoriza o respeito pela Natureza e por todas as Criaturas.

II - Processo Educativo
1. Uma educação integral, a partir da visão cristã de Deus, da Pessoa e da Vida
1.1. Para a Escola Franciscana Hospitaleira, educação é um processo dinâmico que visa ajudar o aluno a realizar-se como Pessoa, respondendo aos desafios da sua vocação humana e cristã, identificando-se, progressivamente, com o Homem Novo, na sua tríplice relação com Deus, consigo mesmo e com o outro.
1.2. Este processo educativo conduz à educação integral da pessoa que assenta:
- no desenvolvimento físico, intelectual e afectivo no desenvolvimento do sentido ético e transcendente
- no desenvolvimento sócio-político
- na descoberta do próprio projecto de vida.
1.3. Assim:
- Ajuda a descobrir e potenciar as capacidades físicas, intelectuais e afectivas.
- Desenvolve o sentido ético e transcendente a partir da perspectiva da mensagem de Cristo sobre a humanidade, a vida, a história e o mundo, vivida por Francisco de Assis e pelos Fundadores da Confhic.
- Valoriza a dimensão sócio-política, para encontrar o sentido da vida, no serviço e compromisso solidário com a comunidade humana.
- Incentiva à decisão e concretização do seu projecto de vida, na liberdade e responsabilidade.

III - Estilo da Escola Franciscana Hospitaleira
1. A Escola Franciscana Hospitaleira alicerça toda a sua acção educativa no Evangelho e no testemunho pessoal e comunitário de humildade, simplicidade, alegria, abertura, acolhimento e serviço. Estas características deverão ser assumidas por toda a Comunidade Educativa.
2. A Comunidade Educativa deve ser uma Comunidade de Fé, onde todos: alunos, professores, pais, pessoal administrativo e auxiliar, são chamados a uma participação activa e responsável, tendo presente os princípios delineados neste documento.
2.1. O Aluno
É missão da Escola Franciscana Hospitaleira oferecer ao aluno, agente e protagonista da sua própria educação, todas as possibilidades para o seu desenvolvimento integral:
A - Na dimensão pessoal
- crescimento físico e intelectual;
- equilíbrio afectivo e humano;
- auto-confiança, auto-domínio e auto-avaliação;
- hábitos de trabalho;
- abertura para a mudança de atitudes e adaptação a novas situações;
- sentido de escolha perante as diversas opções que se lhe oferecem;
- sentido de responsabilidade nas decisões tomadas;
- abertura ao transcendente;
- identidade pessoal, sempre apoiada numa atitude crítica e criativa;
- realização profissional.
B - Na dimensão social
- consciência cívica esclarecida do dever de participar responsável e activamente na construção da sociedade;
- diálogo aberto e respeitador das opiniões dos outros, afirmando-se, criteriosamente, na sociedade pluralista em que vivemos;
- empenho na Família, na Escola e na Sociedade;
- educação para a cidadania Europeia e Universal.
C - Na dimensão religiosa
- Anúncio explícito da nova evangelização, tendo a pessoa de Cristo como centro e ponto de partida da Fé, que leva o aluno a:
• Conhecer a Deus e a relacionar-se com Ele, como Pai, origem e fim de tudo quanto existe;
• Afirmar o valor transcendente e eterno da pessoa humana;
• Entender a presença do Homem no mundo com vocação para construir a fraternidade do amor, tornando-se irmão de todos os homens, como Francisco de Assis e os Fundadores da Congregação;
• Saber fazer uma leitura correcta e dar uma valorização cristã à ciência e à cultura, numa interpretação do mundo, em coerência com a Fé.
• Tornar-se cada vez mais consciente do dom da Fé, recebida no Baptismo
• Ter como exemplo a experiência de Maria, Mãe e Mestra dos que aceitam Jesus Cristo como centro da vida.
2.2. Os Professores
Aos professores, como agentes responsáveis do Processo Educativo, orientado pelos princípios aqui explicitados, cabe:
- a competência científica e profissional;
- a coerência de vida;
- a atitude educativa e a abertura para a acção educativa;
- a dedicação e espírito de serviço;
- a adaptação a novas pedagogias para a descoberta de uma educação cada vez mais humano-cristã.
- a abertura à transcendência;
- o testemunho da Fé;
- a aceitação do Carisma Franciscano Hospitaleiro;
- o respeito e o cumprimento das normas internas estabelecidas.
2.3. O Pessoal Administrativo e Auxiliar
O Pessoal Administrativo e Auxiliar é presença imprescindível na Escola e complementa a qualidade da educação, medi ante:
- o testemunho do trabalho realizado com dedicação e verdadeiro espírito de serviço;
- o acolhimento afectuoso e fraterno;
- o relacionamento afável e prudente;
- o respeito e cumprimento das normas estabelecidas.
2.4. Os Pais
Na Comunidade Educativa, os Pais - os primeiros e naturais responsáveis pela educação dos seus filhos - ocupam lugar de especial relevo.
Isto exige, naturalmente, uma relação entre a Família e a Escola, através de:
- aceitação da filosofia subjacente ao Projecto Educativo;
- Intervenção activa e responsável:
• pelo diálogo construtivo;
• pelo intercâmbio Informativo;
- participação em actividades propostas aos Pais e/ou sugeridos pelos Pais.

IV - Metodologia

A Escola Franciscana Hospitaleira é ‘uma Escola para a pessoa e da pessoa , tendo como centro a mensagem de Jesus Cristo que ilumina o saber e o ser humano.
Para o conseguir, empenha-se em:
- Criar um ambiente familiar simples e alegre;
- Cuidar a formação cultural, tendo em vista todos os aspectos da actividade humana exercida com coerência;
- Oferecer uma formação científica actualizada e rigorosa, a par do desenvolvimento do sentido critico;
- Educar para a cidadania e ecumenismo;
- Desenvolver os valores éticos e estéticos;
- Despertar o sentido de Justiça, Amor e Paz;
- Abrir-se a novas experiências pedagógicas;
- Ajudar a Comunidade Educativa a sentir-se firme na Fé e a ser coerente com ela;
- Anunciar explícita e profundamente a mensagem evangélica;
- Proporcionar espaços para a oração e celebração da Fé.

V - Conclusão
A Congregação das Irmãs Franciscanas Hospitaleiras da Imaculada Conceição é quem assume a máxima responsabilidade da educação nas suas Escolas, num permanente diálogo sério e construtivo, de modo a realizar uma caminhada educativa cada vez mais consciente e responsável.
A ela compete as últimas decisões, em conformidade com o sentir de todos os intervenientes no processo educativo das suas Escolas. Todas as pessoas que integram a Comunidade Educativa aceitam e comprometem-se, activamente, com o espírito desta Proposta Educativa.

Ilumina-nos, Senhor!

Ilumina-nos, Senhor!

Retempera o nosso modo de dizer o amor.  Que ele seja sincero, puro e transparente como a...

Abertura do bicentenário do Fundador

Abertura do bicentenário do Fundador

Quem é este homem?Mendigo de Deus, esbanjador de riquezas.Da riqueza extraordinária da Casa de...

A Ti, Senhor, o nosso louvor!

A Ti, Senhor, o nosso louvor!

75 anos da Casa de Saúde da Boavista Assinalando o início das comemorações dos 75 anos da Casa de...

Santo e Feliz Natal

Santo e Feliz Natal

Um olhar de FRENTEDIFERENTEOlho a gruta e vejo um olhar que me olha de frente!No brilho dos...

Teste01

aaaa


Copyright © 2015 - Província de Santa Maria