Profissão Temporária!

Profissão Temporária!

Eu exulto de alegria no Senhor que me escolheu!  Cantarei ao Senhor pelo bem que me fez!...

Dia Mundial do doente!

Dia Mundial do doente!

Sendo a vida da pessoa humana um sucedâneo de bons e maus momentos, a doença é uma realidade que a...

Nomeação da Superiora Provincial!

Nomeação da Superiora Provincial!

Devido à vagatura da Superiora Provincial, resultante da eleição da Ir. Glória de Jesus Domingues...

Encontro de Animadoras!

Encontro de Animadoras!

Éramos trinta e três. Aquela tarde de novembro confluía, na Casa de Santa Maria, em Fátima, as...

Proposta educativa

Proposta educativa


I - A escola - Lugar de Educação
Princípios Gerais:
A Congregação das Irmãs Franciscanas Hospitaleiras da Imaculada Conceição defende:
1. O Direito à educação e à liberdade de aprender e ensinar que se concretiza, quando:

1.1. A Escola é um espaço privilegiado, onde se processa o desenvolvimento pleno e harmonioso da pessoa humana.
1.2. Toda a pessoa tem direito à Educação.
1.3. No acesso à Educação e na sua prática, é garantido a todos os portugueses o respeito pelo princípio da liberdade de aprender e de ensinar.
1.4. Todos têm direito ao ensino, com garantia à igualdade de oportunidades de acesso e êxito escolar.
2. A Escola Católica
2.1. A Escola Católica, como lugar de educação integral da pessoa humana, através de um PROJECTO EDUCATIVO claro que tem o seu fundamento na Pessoa e Modelo de Cristo, caracteriza-se:
— pela sua identidade eclesial e cultural;
— pela sua missão de caridade educativa;
— pelo seu serviço e solidariedade social;
— pelo estilo educativo que deve caracterizar a sua comunidade educante.
2.2. É próprio da Escola Católica:
- cultivar a busca sincera e contínua da Verdade; a crítica equilibrada, serena e responsável; a solidariedade e disponibilidade para servir; a promoção da justiça;
- criar um ambiente comunitário escolar animado pelo espírito evangélico da Liberdade e do Amor;
- ajudar o educando a crescer na Fé;
- organizar a cultura humana, segundo a mensagem da salvação, para que o conhecimento que os alunos vão adquirindo de Deus, da Vida e do Homem, fique ilumina do pela Fé.
3. Escola Franciscana Hospitaleira
3.1. A Escola Franciscana Hospitaleira é um espaço de educação católica, promovido e orientado pela Congregação das Irmãs Franciscanas Hospitaleiras da Imaculada Conceição.
3.2. Adopta como pedagogia o Amor, o Acolhimento e a Alegria.
3.3. Esforça-se por fazer transparecer os valores evangélicos, incutidos através da cultura, do ensino religioso e do testemunho de simplicidade, de abertura, de alegria e de hospitalidade, em clima fraterno e no espírito das bem-aventuranças, vivido pelos seus fundadores.
3.4. Promove a plena coerência do saber, dos valores e das atitudes com a Fé.
3.5. Valoriza o respeito pela Natureza e por todas as Criaturas.

II - Processo Educativo
1. Uma educação integral, a partir da visão cristã de Deus, da Pessoa e da Vida
1.1. Para a Escola Franciscana Hospitaleira, educação é um processo dinâmico que visa ajudar o aluno a realizar-se como Pessoa, respondendo aos desafios da sua vocação humana e cristã, identificando-se, progressivamente, com o Homem Novo, na sua tríplice relação com Deus, consigo mesmo e com o outro.
1.2. Este processo educativo conduz à educação integral da pessoa que assenta:
- no desenvolvimento físico, intelectual e afectivo no desenvolvimento do sentido ético e transcendente
- no desenvolvimento sócio-político
- na descoberta do próprio projecto de vida.
1.3. Assim:
- Ajuda a descobrir e potenciar as capacidades físicas, intelectuais e afectivas.
- Desenvolve o sentido ético e transcendente a partir da perspectiva da mensagem de Cristo sobre a humanidade, a vida, a história e o mundo, vivida por Francisco de Assis e pelos Fundadores da Confhic.
- Valoriza a dimensão sócio-política, para encontrar o sentido da vida, no serviço e compromisso solidário com a comunidade humana.
- Incentiva à decisão e concretização do seu projecto de vida, na liberdade e responsabilidade.

III - Estilo da Escola Franciscana Hospitaleira
1. A Escola Franciscana Hospitaleira alicerça toda a sua acção educativa no Evangelho e no testemunho pessoal e comunitário de humildade, simplicidade, alegria, abertura, acolhimento e serviço. Estas características deverão ser assumidas por toda a Comunidade Educativa.
2. A Comunidade Educativa deve ser uma Comunidade de Fé, onde todos: alunos, professores, pais, pessoal administrativo e auxiliar, são chamados a uma participação activa e responsável, tendo presente os princípios delineados neste documento.
2.1. O Aluno
É missão da Escola Franciscana Hospitaleira oferecer ao aluno, agente e protagonista da sua própria educação, todas as possibilidades para o seu desenvolvimento integral:
A - Na dimensão pessoal
- crescimento físico e intelectual;
- equilíbrio afectivo e humano;
- auto-confiança, auto-domínio e auto-avaliação;
- hábitos de trabalho;
- abertura para a mudança de atitudes e adaptação a novas situações;
- sentido de escolha perante as diversas opções que se lhe oferecem;
- sentido de responsabilidade nas decisões tomadas;
- abertura ao transcendente;
- identidade pessoal, sempre apoiada numa atitude crítica e criativa;
- realização profissional.
B - Na dimensão social
- consciência cívica esclarecida do dever de participar responsável e activamente na construção da sociedade;
- diálogo aberto e respeitador das opiniões dos outros, afirmando-se, criteriosamente, na sociedade pluralista em que vivemos;
- empenho na Família, na Escola e na Sociedade;
- educação para a cidadania Europeia e Universal.
C - Na dimensão religiosa
- Anúncio explícito da nova evangelização, tendo a pessoa de Cristo como centro e ponto de partida da Fé, que leva o aluno a:
• Conhecer a Deus e a relacionar-se com Ele, como Pai, origem e fim de tudo quanto existe;
• Afirmar o valor transcendente e eterno da pessoa humana;
• Entender a presença do Homem no mundo com vocação para construir a fraternidade do amor, tornando-se irmão de todos os homens, como Francisco de Assis e os Fundadores da Congregação;
• Saber fazer uma leitura correcta e dar uma valorização cristã à ciência e à cultura, numa interpretação do mundo, em coerência com a Fé.
• Tornar-se cada vez mais consciente do dom da Fé, recebida no Baptismo
• Ter como exemplo a experiência de Maria, Mãe e Mestra dos que aceitam Jesus Cristo como centro da vida.
2.2. Os Professores
Aos professores, como agentes responsáveis do Processo Educativo, orientado pelos princípios aqui explicitados, cabe:
- a competência científica e profissional;
- a coerência de vida;
- a atitude educativa e a abertura para a acção educativa;
- a dedicação e espírito de serviço;
- a adaptação a novas pedagogias para a descoberta de uma educação cada vez mais humano-cristã.
- a abertura à transcendência;
- o testemunho da Fé;
- a aceitação do Carisma Franciscano Hospitaleiro;
- o respeito e o cumprimento das normas internas estabelecidas.
2.3. O Pessoal Administrativo e Auxiliar
O Pessoal Administrativo e Auxiliar é presença imprescindível na Escola e complementa a qualidade da educação, medi ante:
- o testemunho do trabalho realizado com dedicação e verdadeiro espírito de serviço;
- o acolhimento afectuoso e fraterno;
- o relacionamento afável e prudente;
- o respeito e cumprimento das normas estabelecidas.
2.4. Os Pais
Na Comunidade Educativa, os Pais - os primeiros e naturais responsáveis pela educação dos seus filhos - ocupam lugar de especial relevo.
Isto exige, naturalmente, uma relação entre a Família e a Escola, através de:
- aceitação da filosofia subjacente ao Projecto Educativo;
- Intervenção activa e responsável:
• pelo diálogo construtivo;
• pelo intercâmbio Informativo;
- participação em actividades propostas aos Pais e/ou sugeridos pelos Pais.

IV - Metodologia

A Escola Franciscana Hospitaleira é ‘uma Escola para a pessoa e da pessoa , tendo como centro a mensagem de Jesus Cristo que ilumina o saber e o ser humano.
Para o conseguir, empenha-se em:
- Criar um ambiente familiar simples e alegre;
- Cuidar a formação cultural, tendo em vista todos os aspectos da actividade humana exercida com coerência;
- Oferecer uma formação científica actualizada e rigorosa, a par do desenvolvimento do sentido critico;
- Educar para a cidadania e ecumenismo;
- Desenvolver os valores éticos e estéticos;
- Despertar o sentido de Justiça, Amor e Paz;
- Abrir-se a novas experiências pedagógicas;
- Ajudar a Comunidade Educativa a sentir-se firme na Fé e a ser coerente com ela;
- Anunciar explícita e profundamente a mensagem evangélica;
- Proporcionar espaços para a oração e celebração da Fé.

V - Conclusão
A Congregação das Irmãs Franciscanas Hospitaleiras da Imaculada Conceição é quem assume a máxima responsabilidade da educação nas suas Escolas, num permanente diálogo sério e construtivo, de modo a realizar uma caminhada educativa cada vez mais consciente e responsável.
A ela compete as últimas decisões, em conformidade com o sentir de todos os intervenientes no processo educativo das suas Escolas. Todas as pessoas que integram a Comunidade Educativa aceitam e comprometem-se, activamente, com o espírito desta Proposta Educativa.

Ilumina-nos, Senhor!

Ilumina-nos, Senhor!

Retempera o nosso modo de dizer o amor.  Que ele seja sincero, puro e transparente como a...

Abertura do bicentenário do Fundador

Abertura do bicentenário do Fundador

Quem é este homem?Mendigo de Deus, esbanjador de riquezas.Da riqueza extraordinária da Casa de...

A Ti, Senhor, o nosso louvor!

A Ti, Senhor, o nosso louvor!

75 anos da Casa de Saúde da Boavista Assinalando o início das comemorações dos 75 anos da Casa de...

Santo e Feliz Natal

Santo e Feliz Natal

Um olhar de FRENTEDIFERENTEOlho a gruta e vejo um olhar que me olha de frente!No brilho dos...

Teste01

aaaa


Copyright © 2015 - Província de Santa Maria