Venho a ti, Senhor!

Tu nos convidas Senhor a irmos a Ti, ORACAO
a aproximar-nos.
Tu nos queres próximas.
Nós que por vezes andamos longe.
Longe de nós, longe de Ti, 
longe dos outros!
Vinde a Mim!
A Tua insistência quer-nos perto,
e junto a Ti para o descanso essencial,
o descanso certo!
Eis-me, Senhor,
venho a Ti, à Tua fascinante escola
para aprender a humildade e a mansidão.
Venho a Ti para abrir o coração 
e contar a minha história
que não é senão a tua história comigo.
Venho a Ti para recuperar vigor 
para retomar a minha cruz
de seguidora e discípula fiel.
Venho a Ti confiante no Teu jugo suave.
Venho a Ti, sabendo, 
que Tu é que vens a mim
ao meu encontro,
a qualquer hora,
em cada etapa do caminho.
Venho a Ti, Senhor e Mestre,
para me conduzires aos irmãos,
para construirmos juntos a nossa casa,
a inacabável Casa de Betânia
que Te recebe hoje 
como primeiro convidado.
Venho a Ti!
Vem a mim!
Permanece comigo!